sábado, 26 de janeiro de 2013

Lançamentos da editora Martin Claret

Diário do Subsolo - Fiodor Dostoiévski
  • Este Diário do subsolo não é a mais conhecida nem a mais extensa das obras dostoievskianas. Contudo, a posição marcante que ela ocupa entre as pérolas da literatura mundial é justificada, na opinião unânime dos críticos e leitores, pela singularidade do seu conteúdo e, mais ainda, pela abrangência das questões filosóficas e psicológicas abordadas de maneira direta e, vez por outra, contundente. O Diário não se refere a um indivíduo concreto, mas sim a toda uma categoria de pessoas visceralmente ligada ao contexto geral de sua época.
    Veja mais informações

Brás, Bexiga e Barra Funda - Antônio de Alcantara Machado
Seus contos refletem a integração do imigrante italiano em São Paulo. São escritos em lingua-gem peculiar, marcada pelo vocabulário ítalo-brasileiro, com registros históricos da cidade de São Paulo da década de trinta. É uma viagem ao tempo, um reencontro com Arouche, com a rua Barão de Itapetininga, com o Brás, o Bexiga, a Lapa e o centro da velha São Paulo, já grande e dinâmica, mas ainda sem violências e sem medo, ainda romântica, ainda da garoa.

O Anticristo - Friedrich Nietzsche
  • Nietzsche tornou-se um destruidor de ídolos e foi um crítico veemente de todos aqueles que se consideravam donos da verdade. Neste livro o autor faz ruir o Cristianismo como base valo-rativa do Ocidente, pois apresenta uma crítica contundente contra a instituição cristã, para ele, diferenciada do Cristo. A crítica do filósofo contra o Cristianismo é no sentido da negação desta vida em nome de outra no além.

0 Assuntos:

Postar um comentário