quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Julieta - Anne Fortier

Julieta
Julie Jacobs e sua irmã gêmea, Janice, nasceram em Siena, na Itália, mas desde os 3 anos foram criadas nos Estados Unidos por sua tia-avó Rose, que as adotou depois de seus pais morrerem num acidente de carro. Passados mais de 20 anos, a morte de Rose transforma completamente a vida de Julie. Enquanto sua irmã herda a casa da tia, para ela restam apenas uma carta e uma revelação surpreendente: seu verdadeiro nome é Giulietta Tolomei. A carta diz que sua mãe havia descoberto um tesouro familiar, muito antigo e misterioso. Mesmo acreditando que sua busca será infrutífera, Julie parte para Siena. Seus temores se confirmam ao ver que tudo o que sua mãe deixou foram papéis velhos – um caderno com diversos esboços de uma única escultura, uma antiga edição de Romeu e Julieta e o velho diário de um famoso pintor italiano, Maestro Ambrogio. Mas logo ela descobre que a caça ao tesouro está apenas começando. O diário conta uma história trágica: há mais de 600 anos, dois jovens amantes, Giulietta Tolomei e Romeo Marescotti, morreram vítimas do ódio irreconciliável entre os Tolomei e os Salimbeni. Desde então, uma terrível maldição persegue essas duas famílias. E, levando-se em conta a linhagem e o nome de batismo de Julie, ela provavelmente é a próxima vítima. Tentando quebrar a maldição, ela começa a explorar a cidade e a se relacionar com os sienenses. À medida que se aproxima da verdade, sua vida corre cada vez mais perigo. Instigante, repleto de romance, suspense e reviravoltas, Julieta – livro de estreia de Anne Fortier – nos leva a uma deliciosa viagem a duas Sienas: a de 1340 e a de hoje. É a história de uma lenda de mais de 600 anos que atravessou os séculos e foi imortalizada por Shakespeare. Mas é também a história de uma mulher moderna, que descobre suas origens, sua identidade e um sentimento devastador e completamente novo para ela: o amor.

Páginas: 448
Editora: Arqueiro
Avaliação: 5/5


O Que Achei do Livro:
Com a morte dos seus pais quando ainda era muito jovem, Julie Jacobs passou a morar com sua tia-avó Rose, junto de sua irmã insuportável Janice.
Tia Rose adoece e acaba morrendo, deixando toda sua herança para Janice (que é uma pessoa muito ruim na opinião de Julie). Entretanto Julie fica só com uma carta, uma chave para abrir um tesouro que seus pais deixaram em Siena e logo descobre que seu nome verdadeiro é Giulietta Tolomei.
"A herança de tia Rose cuidaria da minha crescente dívida com os
cartões de crédito. Como resultado, agora eu tinha pouco a que
recorrer, exceto uma fugidia relíquia de familía."

Julie viaja para Siena em busca do mistério do tesouro que seus pais deixaram e em meio disso ela conhece Eva Maria Salimbeni, uma mulher que a ajuda e conta a verdadeira história dos Tolomei e dos Salimbeni.
Ao saber da verdadeira história, Julie fica sabendo que uma maldição ainda persegue as duas famílias e que ela está em perigo. Com isso ela precisa conhecer Romeo Marescotti que foi seu grande amor em um passado de 600 anos e que ele pode ajudá-la a desvendar um grande mistério e acabar com a maldição.

Julie entrará em uma jornada que mudará sua vida, onde somente o passado poderá desvendar o mistério dos Tolomei e os Salimbeni em busca de um tesouro que foi guardado durante muitos anos.


O que me fez ter solicitado Julieta para resenha foi os comentários das pessoas que leram e gostaram, esse é um dos livros que tem as avaliações de leitura mais alta. Logo que o livro chegou eu me surpreendi com o número de páginas que ele possui e com o tamanho da fonte pequena, pois logo que vi pensei que a leitura iria ser muito comprida e cansativa. Pois é, então comecei a ler ele para ver se é bom mesmo assim como falam e já no começo a estória chamou a minha atenção e me prendeu, não consegui parar de ler, passei noites em claro lendo o livro e tentando desvendar o mistério junto com Julie. Li em 4 dias, mas se não fosse pelos meus estudos eu conseguiria ler em menos dias. Mesmo assim me arrependo de ter lido tão rápido o livro, pois poderia ter aproveitado mais cada página dele.

A história é narrada na primeira pessoa por Julie/Giulietta numa linguagem mais moderna e também tem o diário de Maestro Ambrogio onde é narrado na terceira pessoa, escrito de uma forma mais antiga.
Em nenhuma parte o livro se tornou cansativo e não encontrei nenhum erro ortográfico durante a leitura.

Os personagens são cativantes e inesquecíveis, mas Janice sem duvidas me cativou logo de começo e acabou se tornando minha personagem favorita. Enquanto a Julie eu achei ela meio sem sal, mas logo pelo final ela se revelou mais na estória.

Amei o final e quando terminei de ler fiquei com DPL (depressão pós livro).
Agradeço a editora parceira Arqueiro por ter me mandado esse livro para resenha.
Recomendadíssimo!

Trechos do livro:
“Eu não conhecia minha alma – disse Romeo, baixando a voz como quem falasse ao coração dela – até vê-la refletida em vossos olhos.”

"-Tudo tem um lado obscuro. Na minha opinião, é isso que torna a vida interessante."

"-Você sempre achou que eu não tivesse coração, não é?
-Bem -disse ela, me apertando com força -, você parece ter criado um nos últimos tempos. O que é uma pena, porque era mais divertida sem ele."

Book Trailer:

4 Assuntos:

Vanessa Vieira disse...

Parabéns pela resenha Larissa! Já li Julieta e curti bastante. Beijo!

Natalia Dantas disse...

Oi ;)
Adorei conhecer o seu blog, muito lindo! Parabéns!

Já estou seguindo e gostaria muito que você seguisse o meu, se gostar é claro. >.<

Quero muito ler esse livro, justamente por falarem super bem dele.

PARABÉNS pela resenha!
Beijos :*
Natalia do blog Entre Livros e Livros
http://musicaselivros.blogspot.com.br/

Gabi Lima disse...

Oi!
Nunca li esse livro, mas sempre tive muita vontade.
Quando o livro pe muito bom a gente perde a noção de tempo e acaba devorando ele em pouco tempo. Entendo bem o porque de você ter lido tão rápido. No seu lugar faria a mesma coisa. rsrs
Ressaca literária é normal. Dá um tempinho que ela logo passa e você poderá mergulhar de cabeça em outro livro.
A história de Julieta é interessante e a capa do livro é linda. *-*

Bjs
Gabi Lima
http://livrofilmeecia.blogspot.com.br

Giil Almeida disse...

Oi Larissa, mais uma resenha super positiva sobre esse livro!
Já recebi várias indicações dele. Espero que eu possa lê-lo o mais breve possível. As vezes fico desse jeito quando acabo um livro que eu gosto muito. :D Parabéns pela resenha, só aumentando minha vontade de ler "Julieta".

Bjos,
Verbologia Pink

Postar um comentário