quarta-feira, 14 de março de 2012

Entrevista com a autora Jenna Blum

Fiz uma entrevista com a escritora Jenna Blum, Autora do livro " Those Who Save Us (Aqueles que nos salvaram)" e "The Stormchasers (Os Caçadores de Tempestade)".
Fiquei muito feliz com o fato dela ser a primeira autora estrangeira entrevistada aqui no blog.
OBS: Traduzi a entrevista em português para que todos possam ler.

    

Jenna Blum escreve profissionalmente desde 1986. Filha de um repórter judeu e uma pianista descendente de alemães, trabalhou durante anos entrevistando sobreviventes do Holocausto para a instituição Survivors of the Shoah Visual History Foundation, criada por Steven Spielberg. Atualmente Jenna divide seu tempo entre a cidade de Boston e o interior do Minnesota.

1- Quando começou sua paixão por livros? 
Minha paixão por livros começou - antes que eu me lembre! Comecei a ler aos 4 anos e comecei a escrever depois, também meu pai era um escritor, então eu imagino que herdei do meu amor da escrita dele e meu amor da leitura de ambos os pais. Nossa casa era cheia de livros.
2- Qual foi sua maior inspiração ao escrever? 
Minha maior inspiração ao escrever foram os personagens e suas histórias. Quando eu estou trabalhando em histórias ou um romance, os personagens são pessoas reais para mim - eles só vivem em uma dimensão diferente do que você e eu. É o meu trabalho e grande responsabilidade para obtê-los no papel, onde todos nesta dimensão podem conhecê-los também.  

3- Você está pensando em escrever um próximo livro? 
Depois de Aqueles Que Nos Salvaram, meu primeiro romance, e Os Caçadores de Tempestades, meu segundo romance, agora estou trabalhando no meu terceiro livro! Eu não posso falar sobre isso ainda, porque então eu não comecei a escrevê-lo. Mas estou pesquisando, pensando sobre isso, e escrevendo o meu caminho até isso.

4- Como surgiu a idéia de escrever em seu livro sobre a segunda guerra mundial?
Eu sempre soube que queria Aqueles Que Nos Salvaram para ser um romance que se passa na segunda guerra mundial porque eu estava sempre fascinada com o período de tempo. Minha mãe é parte alemã e meu pai era judeu, então eu cresci com um interesse herdado no Holocausto. Eu tive o enorme privilégio de entrevistar sobrevivente do Holocausto em meus 20 anos para os sobreviventes de Steven Spielberg da Fundação Shoah. Então eu só precisava da história pessoal, a história de Anna, ligar para aquele contexto. O que Anna, uma mulher comum alemã, faz para sobreviver ao legado de culpa que ela passa para sua filha Trudy foram o ajuste perfeito para o meu interesse no período de tempo.

5-Você teve dificuldades ao escrever?
Quase todos os escritores obtém bloqueio criativo de vez em quando. Minhas dificuldades, muitas vezes vêm nos rascunhos do meio, quando você está revisando o livro para torná-lo melhor. Você sabe que há um problema, mas as soluções nem sempre vêm de imediato. É muito frustante, mas você só tem que continuar fazendo as perguntas e as respostas virão!
6- Você se indentifica com algum de seus personagens? 
Existe um pequeno pedaço de mim em quase todos os personagens, pode ser até uma ideia ou uma frase. Alguns personagens possuem mais de mim neles do que isso. Os meus amigos próximos e familiares sabem quais são! :)
7- Obrigada por aceitar a entrevista. Mande um recado para os leitores brasileiros?
Obrigada pela oportunidade de responder às suas perguntas excelentes e atingir os leitores no Brasil. Para eles, eu digo: muito obrigada por ler meus livros e manter meus personagens vivos em seus corações e mentes! Isso significa tudo para mim. xo

9 Assuntos:

Lauri Brandão disse...

Gosto qndo algum blog posta uma entrevista com algum autor.
Sabemos como a autora(o) são, o modo como pensam e isso só nos faz ficar curiosas sobre seus livros.
Adorei!

manuscritodecabeceira.blogspot.com
Bjs.

Evellyn disse...

Eu adoro entrevista com autores! Sempre tento algumas tb ^^
Concordo mt com as respostas da 5 e 6... Do meio pro fim sempre complica! E acho que sempre que escrevemos acabamos colocando um pouco de nós, de um jeito ou de outro. rs

bjs
Evellyn!

Brubs. disse...

Eu adora entrevistas com autores, é tão conhecer um mais sobre eles...
Parabéns Ameii :)
Bruna-Livros de Cabeceira.

Sthéfanie Paula Cachoeira Rezena disse...

Gostei!
Parabéns!

Blanc - Modaeeu

Pollyanna disse...

Muito legal! Quase sempre, há um pedaço do autor nos personagens de seus livros.
Bela entrevista!
Abraços...

http://pollymomentos.blogspot.com/

Beatriz Nathaly disse...

É sempre legal entrevistas. Você conhece mais sobre o autor, vê como ele se sente... Enfim, é super legal! Sempre tento algumas. rsrs
Gostei das respostas delas, me transpareceu sinceridade... super legal. Beijinhos.

Ademilson disse...

Obaa! Adoro entrevistas, parabéns Larissa! Isso despertou ainda mais curiosidade em mim sobre Aqueles Que Nos Salvaram. Legal!

Bjs...
Ademilson
http://livrosdoad.blogspot.com.br/

Raquel Miranda disse...

Parabéns pela entrevista com a autora internacional! Eu achei super interessante, e li até o fim, até o último ponto final. Gosto muito das suas entrevistas elas sempre acabem me dando um ponto de luz para escrever, ou manter o foco. Essa autora parece ser muito simpática, não conhecia os livros dela. Vou ler sua resenha ali.
Beijo Raquel (Nós e Livros)

Thais Rodrigues disse...

A entrevista ficou ótima, adorei, você está lendo beijada por um anjo 1? Estou lendo a saga e me apaixonei.

http://www.perfeitinhablog.com/

Postar um comentário