sábado, 14 de janeiro de 2012

Entrevista com a autora Adriana Brazil

 

Nascida no Rio de Janeiro, é casada e tem um filho de quatro anos. Apaixonada pelas artes formou-se em Música na Escola Villa- Lobos. Fotografia e pintura fazem parte de seus afetos. Cresceu ouvindo histórias carregadas de fantasia que seu pai contava, tornou-se então amante dos livros logo no início da adolescência, mantendo a literatura brasileira em primazia. Sua paixão pela escrita veio à tona em dezembro de 2009, quando nasceu seu romance, Outono de Sonhos. Atualmente, a autora se dedica a dois projetos que envolvem o ensino de música e leitura.


1- Quando começou sua paixão por livros? 
No início da adolescência, quando os professores passavam aqueles livros da série "Vaga-lume" para responder o questionário. Mas a paixão pelas histórias veio do meu pai, desde pequena, ele me encantava com as suas, carregadas de fantasia.
 
2- Sendo "Outono de Sonhos" seu primeiro livro, qual foi a maior dificuldade ao escrevê-lo?
Transformar uma ideia em livro não foi fácil. Pois Outono de Sonhos se chamaria "Foi assim que te amei", apenas um livro.
Não tinha pretensão nenhuma de escrever uma série, porém eu tinha uma sinopse, um rascunho detalhado do livro, então percebi que a história ainda estava no meio, foi quando resolvi dividi-la para que ela terminasse como planejei, isso deu muito trabalho. Além disso tive que fazer inúmeras pesquisas sobre Florianópolis (quando escrevi eu não conhecia a cidade), dezenas e dezenas de pesquisas quanto alguns "contratempos" dos personagens, principalmente de Andrew. Foi exaustivo, conhecer um mundo desconhecido, porém é maravilhoso fazer essas descobertas!

3- Teve algum momento em que você pensou em desistir de escrever o livro?
Desistir não, mas fiquei sem inspiração por algumas vezes e o texto ficou algumas semanas parado no meu computador. Mas estava encantada demais com a turma de Florianópolis, era estranho, sentia saudades. Queria muito que as pessoas conhecessem essas "pessoas" incríveis que conviveram comigo.

4- Como você se sente tendo um livro tão adorado pelas pessoas?
No início tinha medo, pois não sonhei em ser escritora, apenas amava ler, escrever não estava nos meus planos, porém, Deus tinha esse plano na minha vida. E hoje, quando vejo resenhas como a sua, alguns emails de pessoas que talvez nunca conheceria se não fosse meu livro, é tão mágico! É maravilhoso demais! Sem dúvidas, a melhor parte de ser escritora!

5- Você se indentifica com algum de seus personagens?
Helen, a protagonista gosta de muitas coisas que eu gosto. E muitos valores que aprendi, querendo ou não "aparece" nela.

6-  Qual foi sua maior inspiração ao escrever?
Deus. Ele começou isso (risos). Naquela madrugada de dezembro de 2009, foi Ele quem me deu essa história. Hoje Ele continua me dando novas inspirações. Também me inspiro nas pessoas que me cerca, cenas do dia a dia e claro, na música.

7- Você teve dificuldades ao procurar uma editora?
Muita! Mandei o manuscrito para muitas editoras, 80% delas nunca me responderam, e algumas rejeitaram meu livro, sempre com aquela resposta padrão. Foi uma imensa alegria quando a Novo Século aceitou meu livro. 

8- Como está o andamento do segundo livro da série "Foi Assim Que Te Amei" ?
Inverno de Cinzas, o volume 2 está sendo "enxugado". Não existe previsão de lançamento, já que faz um pouco mais de 3 meses que lancei o Outono de Sonhos. Não posso falar muito, mas certamente, vocês, meus blogues parceiros, serão os primeiros a saber.

9- Muitas pessoas gostariam de escrever um livro, qual a sua dica?
Não desista de seu sonho! Persista se esse é o seu alvo! Mostre para outras pessoas seus textos, esteja pronto para ouvir críticas, peça seus amigos para serem sinceros. Escreva com amor, não pense em dinheiro enquanto estiver escrevendo, pense no coração das pessoas que lerão, se o reconhecimento te trouxer fama e dinheiro, maravilha, mas escreva em primeiro lugar porque você ama o que faz. 

Pensa Rápido:
Um(a) Autor(a): Augusto Cury!!!
Um Livro: A Biblía
Uma Música: Tantas... Praise you in the storm
Um Filme: Mr. Holland Opus (Mr. Holland, um adorável professor)

10- Obrigada por aceitar a entrevista.
Eu que agradeço seu convite! Muito obrigada pelo apoio de divulgação!
beijão

Gostei bastante de ter feito esta entrevista com a Adriana. As respostas dela foram incríveis.
Resenha do livro "Outono de Sonhos"

9 Assuntos:

Gabi Lima disse...

Que legal essa entrevista!
Os livros da série Vaga Lume são bons mesmo. Eu lia no colégio e adorava enquanto os meus amigos procuravam pelo resumo. xP
Escrever um livro deve ser complicado mesmo, mas depois de pronto deve dar uma sensação boa de "consegui".

Bjs
Gabi Lima
http://livrofilmeecia.blogspot.com

Luks Vieira disse...

Parabéns pela entrevista, não a conhecia... adorei!
Att.,
Luks

Pabline disse...

E como é difícil colocar uma idea no papel... Já tentei, parei por causa do meu pouco tempo... Mas pretendo continuar ^^
Como deve ser gratificante ver tantas resenhas positivas, gostaria de ter a oportunidade de lê-lo :D
Amo Augusto Cury, do seu estilo literário, ele é o melhor \o/
Amei a entrevista *.*
Bj!

-Amigas Entre Livros-

Amanda Mag disse...

Adorei a entrevista ,a capa do livro,nossa linda.Seu blog é muito lindo flor,parabéns e que mais parcerias aparecem.

Janna disse...

Ai que linda ela, eu quero ler o livro, parece ser lindo....
Bjos

Vanessa Vieira disse...

Parabéns pela entrevista Larissa! Estou ansiosa para ler o livro da Adriana Brazil, Outono de Sonhos. Beijos!

Raquel Miranda disse...

Amei a entrevista. E a pergunta final realmente me foi últil, gosto de saber o conselho dos escritores aliás um dia gostaria que meu livro fosse assim como muitos uma fonte de lembrança, algo que as pessoas pudessem gostar. Obrigada por dividir isso com os leitores, beijo.
Nós e Livros

Débora disse...

Linda entrevista Adri!
Eu amo OS, e sou uma pessoa peculiar ao falar do livro, mas é difícil não se emocionar e apaixonar-se pelo livro!
Tenha certeza que Deus te emprestou qualidades enormes, e quer que você passe-nos isso! Ah, que livro mais inspirador, eu amei!

Beijos, adorei a entrevista Larissa, boas leituras!

Ps.: Você viu que tem personagem gremista na trama... rs rs

Até mais!

enfimdeasasabertas.blogspot.com

Larissa disse...

Débora- Não pude deixar de notar que a personagem é gremista haha

Agradeço á todos pelos "Assuntos".
Bjs...

Postar um comentário