segunda-feira, 11 de abril de 2011

A Sombra do Vento - Carlos Ruiz Zafón


A Sombra do Vento é uma narrativa de ritmo eletrizante, escrita em uma prosa ora poética, ora irônica. O enredo mistura gêneros como o romance de aventuras de Alexandre Dumas, a novela gótica de Edgar Allan Poe e os folhetins amorosos de Victor Hugo. Ambientado na Barcelona franquista da primeira metade do século XX, entre os últimos raios de luz do modernismo e as trevas do pós-guerra, o romance de Zafón é uma obra sedutora, comovente e impossível de largar. Além de ser uma grandiosa homenagem ao poder místico dos livros, é um verdadeiro triunfo da arte de contar histórias.

Páginas: 399

Editora: Suma de Letras

Avaliação: 5/5

O Que Achei do Livro:
Um livro fascinante e misterioso.

O livro conta a história de Daniel, um menino que está prestes a completar 11 anos e que mora em Barcelona no ano de 1945. Daniel ajuda o seu pai na livraria do qual ambos trabalham. Certo dia seu pai o chama para escolher um livro numa biblioteca chamada "cemitério dos livros esquecidos" onde ele não deveria falar para ninguém sobre essa biblioteca, Ele escolhe "A Sombra do Vento" que é um livro escrito por um escritor chamado Julián Carax.

Daniel lê o livro e acaba se apaixonando pela história. Ele vai em busca de mais livros desse escritor e acaba descobrindo que o seu é o único exemplar que existe e que os outros livros do autor foram queimados e o autor desapareceu anos atrás.

Os anos passam e Daniel faz novas amizades e algumas paixões.
Sem saber que está colocando sua vida e a de seus amigos em perigo ele continua sua jornada em busca de informações sobre o escritor Julián, até que chega um estranho e da um valor muito alto em troca do livro, mas Daniel não aceita.

Os amigos de Daniel o ajudam a procurar mais informações sobre o escritor. E ele vai sabendo pequenos fatos sobre uma história triste que aconteceu alguns anos atrás com Julián Carax e sua amada Penélope.

Demorei muito para terminar de ler esse livro (pois eu não tinha muito tempo para ler). No meio da história eu quis abandonar ele, mas decidi continuar e saber o que aconteceu com Julián.
Eu ri e me emocionei junto com os personagens que estão no meio dessa história cheia de suspenses, fúria e traições.
Pensei que o final iria ser uma porcaria, mas me enganei, Ele foi surpreendente.
Recomendo para todos que amam a literatura.

Frases do livro:
"Conserve seus sonhos. Nunca se sabe quando lhe farão falta."
 
"Só existimos enquanto alguem se lembra de nós."
 
"Provavelmente porque um estranho nos vê como somos, não como deseja achar que somos."
 
"Falar é para bobos, calar é para covardes, escutar é para sábios."

9 Assuntos:

Juliana Kobayashi disse...

definitivamente um dos meus livros favoritos!!!!
adoro >.<

This Gomez disse...

OLha Lari, sempre tive vontade de ler este livro. O título é show, a capa ficou uma coisa linda - a SUMA caprichou - e agora lendo o enredo, me chamou muito a atenção. O cemitério dos livros esquecidos? Isso já te chama e convida a ler o//

Quero ler ^^
Beijos!

This
Canto e Conto

Aline Gasparini disse...

Ah, adorei a sua resenha ;*
Confesso que já faz um tempo que estou querendo ler esse livro, porém até agora não surgiu oportunidade. Sempre vejo ótimas criticas sobre o mesmo, e como a This disse, o fato de ter um cemitério dos livros esquecidos chama a atenção.

Beijos&beijos
Book is life

Máh disse...

Faz MUITO tempo que quero ler esse livro, mas a fauta de tempo não permite. Sua resenha ficou maravilhosa!

Bjss!

http://comessaseoutras.blogspot.com/

Larissa disse...

Juliana- O livro é muito bom mesmo, também é um dos meus favoritos.

This- A Suma caprichou mesmo no livro. E a parte do cemiterio dos livros esquecidos é uma das melhores.

Aline- Obrigada =)
Se você ler ele, vai amar. Muito bom o livro.

Máh- O tempo é um dos meus inimigos também rsrsrs
Obrigada =)


Amei os "Assuntos" de vocês
obrigada a todas por comentarem.
bjs...

NANA disse...

Meu livro preferido. :)

NANA disse...

"Quando eu morrer tudo que é meu será seu, menos os sonhos"...

Larissa, indico O Jogo do Anjo que também é de Carlos Ruiz Zafón. A estória não é uma continuação de A Sombra do Vento, sabe, apesar de ambos terem uma ligação "inadvertida". Ocorre em Barcelona, na década de 20. O meu querido Gustavo Barceló está neste livro. E a livraria Sempere e o Cemitério dos Livros Esquecidos ainda servem de cenário neste romance. Não posso falar muito, sabe. Não sou muito fã de suspense k. :D
Adoro seu blog. Beijos.

Larissa disse...

Nana- Ah nem me fala, estou enlouquecendo. Quero muitoooo comprar esse livro, mas me falta dinheiro rsrs.
o gustavo está nesse livro? nossa eu nem sabia disso, agora sim quando surgir oportunidade irei comprar O Jogo do Anjo.
Bjs...

Andressa disse...

Comecei ler esse livro essa semana e não consigo mais parar de ler, é um dos meus livros favoritos, ele encaanta quando acabar quero ver se compro O Jogo Do Anjo também *-*

Postar um comentário